ACERCA DA AYAHUASCA O que necessita saber antes de ter a experiência.

 

INFORMAÇÃO RESUMIDA E MUITO ÚTIL PARA QUEM VAI TOMAR AYAHUASCA

A Ayahuasca é uma bebida selvática, uma medicina tradicional indígena e 100% natural, descoberta por xamãs da amazónia há milhares de anos. É elaborada através da cozedura de duas plantas: A Ayahuasca e a Psychotria viridis que ao ferverem juntamente com uma porção de água, dá origem a uma infusão de uma consistência semelhante à do mel que ao misturá-la com água, torna-a bebível. O seu sabor é amargo. Esta bebida é tomada em quantidades controladas, sobretudo quando é tomada pela primeira vez, por forma a avaliar o grau de aceitação ou sensibilidade de cada pessoa no contacto com esta planta. Tal, é impossível ser calculado antes da experiência.

As propriedades curativas e visionárias desta infusão conferem-lhe o título de planta “mestre” porque ensina, clarifica e planta de “poder” porque limpa, cura e liberta.

Desde sempre que os indígenas a utilizaram para atingir um estado pleno de saúde e prevenir doenças. Estes realizam tomas a cada 14 dias para manter um estado de robustez física. Também pode ser utilizada para aceder à expansão de consciência que implica um conhecimento amplio e ao mesmo tempo, preciso para compreender a vida, a natureza, a existência e incluso, as decisões quotidianas.

Ao realizar uma limpeza a nível físico e emocional (produz vómitos ou diarreia, na maioria dos casos), despeja a mente, conferindo-lhe a clareza e preparando-a para a compreensão de muitos temas quotidianos, temas estes que não compreende-mos porque estamos repletos de toxinas. Além disto, produz um efeito antidepressivo e antiaditivo. É uma bomba de saúde a todo o nível ao conectar com o campo espiritual mas despojado de religiões ou crenças.

Podem tomá-la pessoas com doenças físicas ou psicológicas já que, apoia a saúde do corpo, independentemente da condição que a pessoa possa. No entanto, a maioria destas pessoas não a tomam para lidar com doenças físicas ou mentais mas sim, para dar sentido à vida, trazer orientação para o seu caminho, respostas existenciais e criatividade para o seu trabalho quotidiano. Por isso também a denominamos de “bebida psicoterapêutica”.

A Ayahuasca tem múltiplas aplicações. É um remédio que soluciona o que outras medicinas ou técnicas não podem solucionar e, em outros casos sobe as defesas e fortalece o organismo para que resistam aos efeitos secundários das medicinas alopáticas. Além disto, trabalha o indivíduo a nível corporal, emocional, psicológico e espiritual; integra e potencia outro tipo de terapias, técnicas ou abordagens – não é incompatível com nenhuma técnica que a pessoa pratique.

Em alguns países, proibiu-se o consumo de Ayahuasca porque os governos acreditam (erradamente) que é uma droga. Noutros países, esta foi legalizada depois de terem sido realizados estudos científicos nas suas populações, tendo sido relatados benefícios. Na maioria dos países como Espanha, Itália, Alemanha, Suíça não está proibido, nem é legal. Ainda está dentro de uma lacuna legal, embora Espanha já tenha iniciado investigações científicas que demonstram o seu carácter inofensivo (Cínica Sant Pau de Barcelona).

Nos EEUU, tentaram registá-la para poder ser exportada desde laboratórios farmacêuticos, mas a comunidade indígena conseguiu evitá-lo, argumentando que essas plantas são património da Natureza, dos xamas que a descobriram e a têm utilizado a vida toda.

Esta cozedura líquida, parecida a uma infusão amarga y espessa, na sua forma original não contém nenhuma substância química. Chega da selva amazónica onde foi cultivada e cozinhada. É catalogada como substância enteógena, não é um alucinogénio e muito menos uma droga. Os enteógenos são substâncias que proporcionam visões internas com significados profundos acerca da vida, a existência e a origem das coisas. Esta substância não produz efeitos secundários nocivos como as drogas como a necessidade de voltar a consumir. Não existe perigo associado à saúde, mas sim para a doença, já que possui um grande poder sanador.

Segundo a tradição indígena, a toma desta medicina implica um ritual de acordo com o processo a que os participantes se propõem. Este ritual ou cerimónia é uma situação criada e cuidada que inspira respeito, reconhecimento e gratidão à mãe natureza que a fornece e ao espirito que possui. Também poderá ser tomada dentro de contextos religiosos ou terapêuticos onde não há rituais mas sim um cuidado nos detalhes a ter em conta.

Em qualquer dos casos, é realizado em ambientes cuidados, tranquilos e com certas comodidades para ser efetuado um processo com várias horas de duração. A música e um facilitador ou xama, que acompanham o processo, são o melhor apoio para esta experiência.

Não é aconselhável tomá-la sem um guia ou um acompanhante com experiência. Se o fizeres, é preferível que tomes precauções para evitar situações inesperadas. A questão fundamental em casa é dose exata que se deve tomar e a sequência ótima para o fazer.

PARA QUEM VAI TOMAR COM GRUPOS GUIADOS: Não é necessária uma preparação prévia nos dias anteriores à toma, mas quem sinta necessidade poderá investir numa alimentação mais leve, sem carnes, fritos e produtos lácteos. É importante não consumir drogas nem medicinas psiquiátricas no mínimo 48 horas antes da toma.

PARA QUEM A TOMAR EM CASA: não é necessária uma preparação prévia nem suprimir nenhum alimento. MAS não se PODE misturar com drogas nem álcool al no momento de tomá-la, 4 horas antes e depois. A quantidade que se PODE tomar em privado não PODE exceder em 50 % da dose que se toma com um guia.

Um dos aspetos mais importantes não é com quem ou onde se dá esta medicina, mas sim a qualidade a sua proveniência e a certeza de que não tenham nenhum outro adulterante. As características principais destas plantas com que é preparada a Ayahuasca é a antiguidade das mesmas. Esta condicionante é importantíssima para a qualidade da experiência. É indispensável saber de onde vem e quem a preparou.

Os autênticos Ayahuasqueiros são quem vai diretamente à selva buscar a medicina e conhece a sua proveniência, quem a preparou e os tipos de plantas que foram utilizadas. Eles próprios provam Ayahuasca antes de oferece-la a outras pessoas para determinar a mais adequada.

Uma sessão de toma de Ayahuasca dura entre 6-8 horas, dependendo do lugar e do programa, mas pode chegar a durar mais de 12 horas, quando realizado num contexto psicoterapêutico, em que existe uma preparação prévia à toma e uma integração posterior.

Numa sessão, poderão ser tomadas até duas vezes, dependendo do estado da pessoa. A experiência ótima é obtida quando se realizam 2 ou 3 sessões com doses crescentes durante 2 ou 3 dias e noites. Neste sentido, recomenda-se a participação em retiros organizados, com uma equipa de pessoas preparadas para o acompanhamento do processo.

Os efeitos variam muito de acordo com cada participante. Mais de 90% dos participantes tem efeitos físicos e psicoemocionais mas às vezes não existem quaisquer efeitos ao nível das visões, físico ou emocional durante a sessão. No entanto, nas horas ou dias seguintes, aparecem efeitos favoráveis que cada participante o vai experimentando à sua maneira.

Tomar Ayahuasca é uma maravilhosa experiência, que tem como segredo, o facto de nunca ser igual. Não podem ser feitas previsões de como será a experiência. Cada vez que se toma é uma surpresa. Por isso, sugere-se o abandono das expectativas ou ideias prévias que se tenham associadas +à experiência.

Quando tomes Ayahuasca, não o faças como se fosse uma festa de amigos, nem uma reunião social pois é uma reflexão individual e interior de encontro consigo mesmo e conexão com o todo que te permitirá viver em plena felicidade.

Por favor, não tomes como referência a 100% os testemunhos das pessoas que relatam esta experiência, pois cada caso é um caso. Contudo, em praticamente todos os casos esta experiência é libertadora e sanadora e para quem nunca experimentou é A GRANDE EXPERIÊNCIA DA SUA VIDA.

Se queres mais informação:

nosoy@albertojosevarela.com

Compartilhe

4 thoughts on “ACERCA DA AYAHUASCA O que necessita saber antes de ter a experiência.”

  1. Olá, saudações
    Desde já agradeço a partilha, e neste momento em que vemos e vivemos estes acontecimentos ambientais na nossa querida Gaia, tão Amada por uns e desprezada por outros. sinto necessidade de expandir mais e cada vez mais a minha consciência espiritual neste meu Eu sou, neste eu somos.
    Gostaria muito de participar numa cerimonia Ayahuasca. Será possível cá em Portugal?
    Grato por qualquer resposta.
    António

    1. Caro Antonio, obrigado por nos contatar. Sim, é possível participar de um retiro em Portugal, temos um evento todos os meses em seu país. Entre em contato comigo em euskadi@innermastery.es deixando seu número de telefone para mais contato. Tenha um bom dia.

    1. Dear Eunice, if you want to try this experience, please, contact us to find you an epcentre close to your place. Have a nice day.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top