O Jogo da Compreensão

INTEGRAÇÃO CONSCIENTE (1ª parte): O EXTERIOR PARA DENTRO E O INTERIOR PARA FORA. “Seremos uma unidade cósmica em harmonia quando recuperarmos os laços entre o interno e o externo”

  O SER HUMANO, A RELAÇÃO ENTRE O SEU MEIO AMBIENTE E A SUA ESSÊNCIA, A SUA ALMA E OS OUTROS. Quando o exterior entra e sai o interior, ocorre uma conexão que dá origem ao início de um processo de evolução interior.   “Integrar” significa completar um todo, terminar de formar algo. Incorporar o que …

INTEGRAÇÃO CONSCIENTE (1ª parte): O EXTERIOR PARA DENTRO E O INTERIOR PARA FORA. “Seremos uma unidade cósmica em harmonia quando recuperarmos os laços entre o interno e o externo” Read More »

AS PALAVRAS CRIAM A REALIDADE. Aprofundando-nos no que nos acontece, podemos chegar à origem do que pensamos e às causas do porquê da maioria das coisas nos acontece.

O PROCESSO INCONSCIENTE E AUTOMÁTICO FUNCIONA DE ACORDO COM UMA PROGRAMAÇÃO. A vida foi submetida ao conforto do limitado, à segurança do conhecido. Quer-se libertar?   “Eu penso, logo existo”, diz o famoso ditado filosófico; Mas o que há antes do pensamento? Quem ou o que está a entrelaçar as raízes das decisões, atitudes e as criações de …

AS PALAVRAS CRIAM A REALIDADE. Aprofundando-nos no que nos acontece, podemos chegar à origem do que pensamos e às causas do porquê da maioria das coisas nos acontece. Read More »

A NOSSA OUSADIA, NÓS QUE FALAMOS EM PÚBLICO. Qual é o objetivo da neurose de dirigirmo-nos aos outros através da palavra escrita ou falada?

  O QUE DEVO DIZER AOS OUTROS? DE ONDE VEM A NECESSIDADE DE ESCREVER OU FALAR COM OS OUTROS?   Uma reflexão desafiante para aqueles de nós que falam em público e escrevem para muitas pessoas.   Os humanos comunicam de muitas maneiras entre si a nível individual, mantemos diálogos e mensagens escritas ou de voz, …

A NOSSA OUSADIA, NÓS QUE FALAMOS EM PÚBLICO. Qual é o objetivo da neurose de dirigirmo-nos aos outros através da palavra escrita ou falada? Read More »

SE O OUTRO É NÃO É CULPAVÉL, NÃO PODERÁ SER PERDOADO? Até onde vamos pela reconciliação humana ou pela epifania perfeita?

A ELEIÇÃO DE SEMPRE: DESTRUIR OU PERDOAR? ATACAR OU CONSTRUIR? PROJETAR OU SANAR? A necessidade de demonizar o outro para poder reconciliar-nos, conduze-nos ao perdão, que é uma parte importante do jogo da compreensão. No entanto, a necessidade de nos vergarmos perante o outro rumo à liberdade, conduze-nos ao ódio e ao jogo da destruição. …

SE O OUTRO É NÃO É CULPAVÉL, NÃO PODERÁ SER PERDOADO? Até onde vamos pela reconciliação humana ou pela epifania perfeita? Read More »

Scroll to Top