É HORA DE UNIR E INTEGRAR para criar um novo mundo sem fronteiras ou divisões.

 

AYAHUASCA, A CHAVE MESTRA QUE REÚNE O PODER E HARMONIZA OUTRAS TÉCNICAS DE CURA E AUTOCONHECIMENTO

Sobre a integração de técnicas e métodos para evolução interior

A ayahuasca, como ferramenta de cura, autoconhecimento ou libertação emocional, tem a maravilhosa propriedade de não discutir com nenhuma outra técnica ou método. É compatível com todos os métodos com os quais eu a juntei ou misturei até agora (depois de quase duas décadas de experimentação). E este é um dos aspectos que mais me atraiu para a ayahuasca: que não desqualifica nada que o indivíduo tenha feito na sua vida para se superar, mas muito pelo contrário, o reúne, integra e usa como trampolim para que as pessoas possam dar um salto evolutivo apoiado por tudo o que já fizeram no passado.

Se fizeram terapias, cursos de crescimento pessoal, estudos místicos, oficinas de auto-estudo ou o que quer que os tenha ajudado em algum momento; mesmo que algo não os tenha ajudado ou não os tenha servido (aparentemente), então a ayahuasca mostra que também fazia sentido fazê-lo, mesmo que naquele momento não tivessem entendido. E para aqueles que nunca fizeram nada pelo seu crescimento interior ou se prepararam, dá a base para iniciar um caminho de aperfeiçoamento pessoal.

Eu tenho contatado milhares de participantes em workshops e retiros, para oferecer ayahuasca com todos os tipos de ferramentas. Ayahuasca com eneagrama, ayahuasca com dança dos Dervixes, ayahuasca com constelações familiares, ayahuasca com biodanza, ayahuasca com meditações de Osho, ayahuasca com ioga, ayahuasca com tantra, ayahuasca e reiki, ayahuasca com caminhada sobre as brasas, ayahuasca reberthing, ayahuasca com o calendário maia, ayahuasca com aromaterapia, ayahuasca com cinesiologia, ayahuasca com musicoterapia, e claro em todos os casos também, ayahuasca com psicoterapia e com a não-terapia. Estas últimas combinações criam uma ferramenta poderosa para entender os processos que são abertos, para dar a eles um significado e uma aplicação prática para a vida quotidiana.

O uso da palavra falada como ferramenta de orientação no momento em que surgem confusões, dúvidas ou mal-entendidos, levou ao nascimento da INTEGRAÇÃO PSICOTERAPÊUTICA que propomos nas reuniões realizadas pelos facilitadores formados na nossa escola. Acompanhado por psicólogos e psicoterapeutas, projetei o meu próprio método denominado REUNIÕES DE EVOLUÇÃO INTERIOR COM USO PSICOTERAPÊUTICO DE AYAHUASCA, no qual realizamos WORKSHOPS ou RETIROS, de 1 a 11 dias de duração, nos quais misturamos técnicas, dinâmicas, métodos, terapias e tudo o que apoia o trabalho de esclarecimento e compreensão. Eles podem ser feitos em qualquer cidade ou no campo. Temos espaços e casas adequados para isso na Itália, México, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Alemanha, Suíça, Holanda, Luxemburgo, Bélgica, Portugal, Áustria, Suécia, Dinamarca, Noruega, Israel, Turkia, Austrália, Espanha e Índia; ou na floresta amazónica colombiana (onde temos um hotel especialmente adequado para ter a experiência).

Os resultados são realmente incríveis. Mas, para poder realizar este trabalho de UNIFICAÇÃO e INTEGRAÇÃO, é necessário desidentificar-se de todas as ferramentas, culturas, tradições, mesmo a Ayahuasca. Porque nesse momento a atenção desloca-se, o que antes era definido nas “técnicas”, nas “formas” e no “que se aprendeu”, agora está orientado para o “processo” da pessoa, uma porta de criatividade que a orienta espontaneamente para o nascimento de um novo tipo de abordagem; livre de encargos, livre do passado, livre de religiões, livre de nomes e anexos de marcas.

NÓS SOMOS PERANTE ALGO NOVO E INOVADOR: a possibilidade de preparar um cocktail para apoiar processos de mudança e melhoria, o que transcende o poder da soma de todas as técnicas conhecidas até o momento.

Estamos  a usar este método em mais de 50 Retiros por mês e verificamos que ele funciona em relação ao acompanhante até ao ponto de encontro com o seu interior. É por isso que estamos a ensinar a qualquer um que queira aprendê-lo, usá-lo, incorporá-lo na sua vida ou prática profissional.

 

  • É verdade que a Ayahuasca foi a chave que abriu todas as portas para este entendimento e integrou todas elas, mas chega um momento em que a chave não é mais a única ou a mais importante, tem sido a chave para abrir e entrar , mas agora é a “consciência” que assumiu o papel principal no processo evolutivo. Quando a consciência e o coração se abrem, deparamo-nos com algo impressionante, com repercussões magníficas na vida de qualquer ser humano.

  • A partir daí, podemos entrar em qualquer sala no porão do nosso inconsciente, sem medo ou preocupação, para ver, curar, descobrir ou libertar. Porque agora a chave está em mim, agora a chave sou eu. Com essa mesma chave que abri as portas da escuridão e do inferno também posso abrir as portas da luz e do paraíso aqui na terra.

  • Se abri a prisão da minha limitação, também posso abrir o tesouro do meu potencial.

 

Alberto José Varela

nosoy@albertojosevarela.com

 

 

Compartilhe

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top