ESCOLA CONSCIENTE (1a parte) “ A arte de recordar o que a alma já sabe”.

A LIBERDADE DE EXPLORAR NA DIREÇÃO INTERIOR COM APOIO EXTERIOR 

Recuperar a capacidade de ser consciente dá-nos a oportunidade de aceder à fonte de sabedoria, além de todo o conhecimento acumulado.

 É uma escola multidisciplinar e integrativa que chega como consequência de ouvir as reclamações silenciosas provenientes da comunidade terapêutica e espiritual; que estão relacionadas com a necessidade de integrar os conhecimentos para transcende-los criando uma atitude inteligente e independente das escolas existentes; desarmada das próprias ideologias de onde provêem as técnicas e métodos que exploram na consciência.

A possibilidade de explorar a consciência com a liberdade da própria consciência de cada ser humano.

Ser consciente significa dar-se conta da própria existência e do ambiente que nos rodeia. No entanto, o nível de profundidade do dar-se conta das pessoas varia de forma notória; desde pessoas que não são conscientes de nada (totalmente adormecidos) até os que se dão conta da sua própria consciência (totalmente despertos) podendo ser conscientes de tudo o querem. Ser consciente da consciência é o que os mestres iluminados chamam SUPRACONSCIÊNCIA, o estado de iluminação mais elevado da realização da consciência.

No entanto, nesta escola não aspiramos somente atravessar este processo até onde possamos; antes queremos trabalhar-nos de verdade e em profundidade, com sinceridade e a partir de um alto nível de compreensão dos dois principais pontos que dizem respeito à humanidade e ao seu potencial latente relacionado com a consciência:

 1-     DESPERTAR A CONSCIÊNCIA 2- VIVER EM CONSCIÊNCIA

Em primeiro lugar interessa-nos despertar, porque existem milhões de pessoas que estão a trabalhar no seu crescimento pessoal a partir de uma pseudo consciência sem terem despertado.
Parece mentira ou uma contradição, mas é o que temos visto e comprovado. A consciência reduz-se a ser uma emulação virtual do que realmente é, operando da maneira mais limitada e precária possível como um desenvolvimento intelectual, sendo que os que a experimentam afirmam que é uma completa realização. Os níveis de auto-engano relativamente aos níveis de consciência em que estamos e vivemos são muito variados. Queremos desnudar a situação do estado da consciência humana. Provocando a perplexidade, confrontando a mentira e desnudando a incoerência em que vivem as pessoas.

Em segundo lugar interessa-nos desenvolver a consciência na vida diária, a tal ponto que se torne um estado natural de viver; são milhares de pessoas que “usam” a consciência como se fosse uma ferramenta separada da sua essência, dissociada o seu ser. Por exemplo: utilizam-se técnicas para meditar mas não se vive a meditação.
O poder mais subtil e impactante na vida de um ser humano está na consciência da sua própria presença, do que é e sente a cada momento, do que experimenta a partir de um lugar de desidentificação. Apontamos na conquista desse poder pessoal que pode estender-se a nível de grupo, transformar-se numa consciência colectiva capaz de mudar muitas das situações que nos fazem sofrem como seres humanos.

MÉTODOS E RECURSOS DA ESCOLA: 

Reuniremos e aprofundaremos muitas e diversas escolas de pensamento, filosóficas, psicológicas e místicas, em métodos e técnicas, em terapias ocidentais orientadas para a cura e práticas orientais direccionadas à espiritualidade.

Mesmo sabendo e tendo comprovado que existem maneiras de despertar e expandir a consciência com a ajuda de enteógenos, nesta escola não se utilizará nenhuma substância que modifique o estado em que chega a consciência de cada aluno. Eu e todos os professores tivemos experiências com múltiplos enteógenos durante muitos anos, portanto serão abordadas questões relacionadas com os estados expandidos, amplificados e liberados de consciência; e, claro, aprofundaremos o prato principal que temos para oferecer: a Evolução Interior e a Integração Psicoterapêutica, a Não-terapia e a Terapia Sistémica Evolutiva. Conceitos e metodologias criadas pelo mesmo grupo de professores da escola. Estes conceitos estão intimamente relacionados entre si e representam a plataforma de lançamento até à conquista da consciência. Curando as feriadas, superando as limitações, abrindo novos espaços interiores, reconhecendo a verdade pessoal e libertando o potencial escondido.

Cada um de nós tem uma pequena sede de consciência universal, mas esta adormecida. Em muitos casos está num sono profundo, em outros num sono mais ligeiro quase a despertar, mas existem também cada vez mais pessoas que se encontram em processos cíclicos de adormecimento e despertar, ao que eu chamo “ a bipolaridade da consciência”; e, em poucos casos, alcançou-se o estado de permanente desperto.

Em alguma medida todos possuímos a possibilidade de viver de maneira mais consciente. É a possibilidade autêntica que mora dentro de nós como uma semente. O despertar pode, a principio, ser um processo duro pois devemos ter a coragem de auto- questionarmos o estado em que acreditamos estar, sem o qual não é possível iniciar um processo de despertar de consciência. O adormecimento cria um sonho de estar desperto que nos leva a acreditar em algo que não é correcto. Mas este procedimento não será feito por nenhum professor, eles ocupam-se de criar situações para que a consciência individual desperte pouco a pouco do grande sono em que se encontra. A consciência desperta quando começa a dar-se conta que está adormecida.

Quem sonhou com o despertar, terá agora a possibilidade de tornar o seu sonho realidade.

Quem saiba faça falta fazer umas cocegas, dar uns choques ou sacudir as pessoas, mas isto é algo que a própria vida já está fazendo em todos os seres humanos, lamentavelmente nem sequer podemos ser conscientes dos sinais, nem sequer vemos as pistas que nos está dando a consciência para iniciar o retorno até à origem.

Por isso decidimos criar a formar adequada para que se possa desenvolver esta ideia, essa forma é a Escola Consciente.

 

Oferecemos simpósios de 1 dia a 1 dia e meio, ciclos formativos de 2 a 3 dias e retiros de 4 a 11 dias.

De 1 a 3 de Setembro em Barcelona começamos com o primeiro simpósio que se inicia na sexta-feira à tarde e acaba no domingo de manhã.
Darei mais informações através deste blog.

Alberto Varela
Fundador da Escola Consciente

nosoy@albertojosevarela.es

 

SEGUNDA PARTE DO ARTIGO

Compartilhe

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top